segunda-feira, setembro 20

Paços 2-2 Sp. Braga


Depois do desastre em Londres, o Sp. Braga veio a Paços com a intenção de limpar a imagem. O Paços por seu turno procurava continuar invicto, levando de vencido mais um candidato ao titulo.
Com algumas alterações no onze (estreias a titular de Coelho e Nelson Oliveira por exemplo) o 11 de Rui Vitória não entrou da melhor forma na partida e aos 10 minutos viu Moises inaugurar o marcador. Pedia-se aos castores que corressem em busca do prejuizo, mas a verdade é que chegando ao ataque, o Paços tornava-se inconsequente. Nelson Oliveira mostrava bons promenores nas movimentações, mas parecia algo "atrasado" na hora do remate. Aliás na primeira parte, apena sum remate de Leonel Olimpio obrigou Filipe a aplicar-se a fundo.




Ao intervalo o 0-1 que se verificava não destoava de todo. E se o quadro não era animador para os pacenses, pior ficou quando Luis Aguiar aproveitou um falhanço da defesa pacense e fuzilou Coelho fazendo o 0-2. Parecia perdido o jogo, mas a verdade é que este golo foi um abanão nas hostes pacense, e apartir desse momento, só passou a dar Paços.

Aos 68 minutos, Baiano num remate fabuloso de pé esquerdo, bateu Filipe pela primeira vez. O golo que merece ser revisto várias vezes. A equipa acreditou então que era possivel evitar a derrota. Rui Vitória lançou então Dvaid Simão e Padraig Amond, que estiveram em excelente plano, e ajudaram a equipa a chegar ao empate. Mas ainda antes do empate, o Paços só pode lamentar a falta de sorte. Exemplo disso uma jogada aos 83 minutos em que David Simão remata, Filipe defende, Amond recarga e Filipe volta a defender para a frente. A bola bate num defesa bracarense e acaba por bater no poste da baliza! O publico animou, a equipa galvanizou-se e o Braga nem respirava!

Aos 87 minutos Manuel José com um grande remate colocou a Mata Real a berrar golo, mas o certo é que a bola após bater na trave bateu fora da linha de golo. Mas aos 90 minutos veio o tão desejado golo. Cohene de cabeça, no seguimento de um canto, bate Filipe e coloca o estádio em delirio.

Mas os pacenses queriam mais, e podiam ter mesmo dado a cambalhota no marcador quando já nos descontos Manuel José solicitado por Amond surge em boa posição para rematar. Infelizmente o remate não foi o melhor e o guardião arsenalista defendeu.

Terminava a partida, e do mal o menos. O Paços continua invicto, tendo agora 7 pontos. Na proxima ronda os castores defrontam o Vitótia de Setubal no Bonfim, segunda feira às 20h15 min.
Rui Vitória considera que o Paços merecia a vitória
No final da partida o treinador do Paços, lamentou o facto do Paços não ter conseguido a vitória. "Pelo que fizemos, merecíamos a vitória. Mas não nos podemos esquecer que o Sp. Braga é uma equipa fortíssima e atendendo ao desenrolar do jogo acabou por ser um resultado que nos deu uma grande alegria. Em todo o caso, ficamos com uma sensação desagradável pela quantidade de oportunidades de que dispusemos. Ainda assim, houve mérito dos jogadores. Esta equipa está em formação, temos muita coisa a trabalhar. Não há equipa que tenha evolução sem alicerces fortes e os nossos estão cá; o resto vem com o trabalho."
O treinador dedicou ainda o resultado ao membro da claque Ricardo que se encontra hospitalizado.

16 comentários:

Anónimo disse...

Tourizense 1 x Freamunde 0
Golo: Diarra (min. 75)

afinal o Diarra e mesmo bom jogador :P

Anónimo disse...

Gostei muito do reforço Amond. Parece-me craque.

Excelente recuperação do Paços. Pena aquele ultimo remate do Manel não ter sido mais perigoso.

Agora é ganhar em Setubal!

Uma palavra para os Yb que tantos aqui quiseram enterrar, mas que mostraram ontem estar bem vivos. continuem assim. Nao levantem é tantas vezes as bandeiras :-P

Anónimo disse...

novo grupo de apoio na central?

Anónimo disse...

foi bonito a homenagem que fizeram ao Ricardo.
ja agora, como ele está?

parabens paços, grande jogo

AMO-TE PAÇOS <3

Anónimo disse...

Parabens ao YELLOW BOYS!
Ontem deram o esperado grito de revolta e calaram a boca a muita gente!
A fumarada foi 5* !
Apoio muito bom e grande espirito!

Ainda bem que os "cancros" que andavam a pairar na curva sairam, e com eles o mau ambiente e fraca mentalidade...

Parabens giga, maroco e os demais que tanto tem tentado fazer renascer a paixao na curva!

FORÇA PAÇOS!!!
FORÇA YB!!!

Anónimo disse...

boas
venho aqui por à conversa um assunto complicado que tem afectado o PAÇOS neste inico de epoca que são os troniquetes.
Se até agora eu dava estava do lado do clube pois os adeptos chegam sempre em cima da hora, têm de tirar a cota, o bilhete e depois ainda reclamam, mesmo assim o funcionamento dos mesmo não continua bem, cria grandes filas e muito lentas.
como é possivel existir apenas um troniquete para a bancada principal toda? e para duas filas? uma que vem da estrada e outra do parque.
Faltam 3 semanas para o proximo jogo em casa é tempo suficiente para resolver o problema.
Na minha opinião era deitar abaixo aquela parte toda da entrada e da bilheteira fazendo uma entrada nova e uma bilheteira independente para que não se torne confuso.

Anónimo disse...

Grande meia-hora final, grande recuperação, Grande Paços.
Apreciação aos jogadores que actuaram:

Coelho - Continua com as dificuldades que já lhe conhecemos nas bolas pelo ar. Não sai a essas bolas, talvez por ser baixo e assim torna-se mais difícil.

Baiano - um golo para recordar, ver e rever. Golo esse que veio galvanizar a equipa para a recuperação. Além disso, um bom par de antecipações aos adversários.

Samuel - Denotou algumas dificuldades, tendo acabado por ser substituído.

Cohene - Ficou ligado aos 2 golos do Braga, mas acabou por se redimir, marcando o golo do empate, em grande cabeceamento.

Jorginho - É bom jogador, penso que talvez tenha melhorado quando passou a central, após a saída do Samuel.

André Leão - Algo trapalhão como de costume, mas trabalhador incansável.

Bruno Di Paula - Surpresa no onze e estreia nesta época, mostrou estar pouco rotinado, o ano passado fez jogos muito melhores. Esperemos que regresse rápido a esses tempos.

Leonel Olímpio - Esteve abaixo do que lhe é habitual, ainda assim teve a grande oportunidade do Paços na 1ª parte, num bom remate que merecia recarga, mas não foi capaz de a fazer.

Manuel José - Para jogador colado à linha na fixa lateral, como se viu na 1ª parte talvez seja lento. Melhorou bastante na segunda parte, com vários cruzamentos. Nota +, para o remate que bateu na trave e quase entrava. Nota -, para o último lance do desafio.

Caetano - Boa velocidade, como é habitual. Ainda assim, pareceu algo abaixo que já fez. Creio que estaria limitado pela lesão que contraiu na selecção no início da semana, que chegou a colocá-lo em dúvida para este jogo.

Nélson Oliveira - Um ponta de lança com presença física e com atributos técnicos, que se notam em bons pormenores, que já havia demonstrado no golo marcado na Madeira. É muito jovem, não esqueçamos que é o primeiro ano de sénior e por isso denota alguma inexperiência na luta com defesas já mais "batidos".

David Simão - Para mim, o jogador que veio desequilibrar a partida. Excelente no meio campo, de forma a empurrar o Braga, para a sua defensiva. A jogada individual que faz que culmina com um remate de longe é excepcional.

Padraig Amond - Bela estreia. Vê-se que não tem medo de rematar à baliza e combina bem com os companheiros. Pelo que mostrou, se mantiver este nível, pode ser um caso sério na nossa equipa.

Maykon - Um regresso muito saudado, após lesão. Vem acrescentar ao flanco esquerdo, um acréscimo significativo de qualidade. Bateu o canto que deu o empate.

Diarra - Tendo contrato com o Paços, joga com outras cores na camisola, mas continua a marcar golos que nos agradam.

Uma palavra mais, para apoiar uma causa justa. Força Ricardo, as melhoras!!

Giga disse...

De facto os torniquetes têm sido um grande problema. ainda este jogo houve gente a passar muito tempo na fila para tirar a cota, chegar a bancada, nao consgeuir entrar por um qualquer erro informatico e ter que voltar a bilheteira.

como ja foi aqui dito, o Paços só daqui a 3 jornadas volta a jogar em casa, ha que resolver este problema

Anónimo disse...

"novo grupo de apoio na central?"

Nao tem destabilizar os YB com comentarios falsos e hipocritas!!

Todos sabemos que os elementos que se afastaram não têm intenção de formar um novo grupo.

DEIXEM-SE DE MERDAS!

Anónimo disse...

sim é claro que um torniquete apenas pra uma bancada inteira é pouco mas quanto a fila nas bilheteiras, fui lá as 4h30m as bilheteiras estavam abertas e nao tinham ninguem á espera....

Giga disse...

"novo grupo de apoio na central?"

Nao tem destabilizar os YB com comentarios falsos e hipocritas!!

Todos sabemos que os elementos que se afastaram não têm intenção de formar um novo grupo.

DEIXEM-SE DE MERDAS!"

Ja chega desta conversa de quem saiu e quem ficou. ninguém é obrigado a fazer parte do grupo e apoiam o Paços como quiser e bem lhes apetecer.

espero sinceramente que um dia, quem saiu, volte aos YB para que possamos ter a bancada o mais cheia possivel.

de resto deixem-se de merdas e bora apoiar o Paços.

Segunda tá tudo a caminho de Setuba :-)

Ze|M8reira disse...

Concordo!
Cada um é livre de fazer o que quiser...

E os YB não vão acabar por que este ou aquele saiu...
É continuar como sempre foi e será...
Até parece que foi só esta época que gente foi saindo...


CARREGA YELLOW!

Anónimo disse...

Grande presença dos Yellow nas bancadas.
Mesmo estando a perder por 2-0 nunca se calaram.
Os adeptos do braga depois do 1º golo do Paços nem piaram mais.

Anónimo disse...

Que show malta!

Anónimo disse...

boas
como é de conhecimento de toda gente que o paços precisa sempre de novos socios. o que acham se começassem por cativar os miudos e com os miudos prende-se sempre os país.
Paços de ferreira tem 13 novas escolas primarias essas escolas primarias tem um pavilhao gimnodesportivo em que os miudos desde o 1ºano fazem educação fisica(ginastica), o paços podia pegar em meia duzia de jogadores e percorrer as escolas para cativar os miudos oferecendo bilhetes para um jogo e um flyer com as condiçoes de sócio, e ficha de inscrição.
eu acho que ia resultar alguma coisa

Anónimo disse...

É assim mesmo YB!