domingo, dezembro 5

A tradição ainda é o que era

Vitória 1.1 Paços
Ainda não foi desta que o Vitória conseguiu vencer o Paços no D. Afonso Henriques. Um Paços remendado chegou para empatar um Vitória desinspirado.
Embora não tenha feito um jogo d'outro mundo, o Paços esteve bastante bem, dando a ideia de que se se tivesse arriscado um pouco mais talvez o resultado fosse uma vitória a favor dos castores.
A primeira meia hora de jogo pouco teve de interessante. Os ataques de uma e outra equipa eram inconsequentes. Excepção feita a um remate de Pizzi que obrigou Nilson a defesa apertada, e a outro de João Ribeiro ao qual Cassio respondeu com uma grande defesa.
Mas a 10 minutos do fim da 1.ª parte Edgar deu a vantagem aos visitados. Targino na esquerda não teve dificuldade em cruzar para area, onde o avançado Vitoriano rematou de cabeça para o fundo da baliza.
O golo abalou um pouco o Paços que viu o Vitória criar alguns lances de perigo, que felizmente não resultaram em golo.
O momento chave do jogo, foi na minha opinião a grande defesa de Cássio, quando Faouzi lhe surgiu isolado pela frente. O Vitória desperdiçou a oportunidade de fazer o 2-0 e com isso matar o jogo. Quem agradeceu foi o Paços que partiu para cima do adversário. E já com Nelson Oliveira o Paços conseguiu o empate. Num canto, um mau alivio de João Paulo, coloca a bola com conta peso e medida na cabeça do jovem avançado pacense que fez balançar a rede mantendo a tradição dos castores em não perder em Guimarães.
No final, o 1-1, agradava mais aos pacenses que aos vitorianos.
O Paços atingiu os 15 pontos e na proxima ronda recebe o FC Porto, até ao momento, lider invicto da Liga. Por certo um jogo complicado para os castores. Mas com o apoio de todos os pacenses o Dragão não passará na Mata Real!

1 comentário:

Miguel disse...

Foi pena não terem ganho.


Votação nº5 já a decorrer.
Desta vez pretendemos passar a barreira dos 100 votos e para isso contamos com o seu contributo ao votar.

Passe lá no blog e vote sff:

http://imperiofutebolistico.blogspot.com/

cumprimentos